Levar seu amiguinho de quatro patas para uma viagem sempre é uma excelente ideia, porém, é necessário tomar alguns cuidados especiais, que vão desde o que levar, até coisas que interferem na saúde e no bem estar de seu bichinho. Nesse texto, iremos dar dicas para quem quer viajar com pets sem nenhum problema ou dores de cabeça.

Antes de realizar a viagem com seu pet. é necessário levá-lo ao veterinário para que ele possa analisar, através de exames, se o seu bichinho tem condições de viajar e se está tudo ok com a saúde dele. É muito comum alguns animais sofrerem com enjôos durante o trajeto, mas o veterinário poderá lhe instruir com dicas preventivas.

Além disso, é necessário avaliar qual o local da viagem e as condições de seu passeio. Isso inclui qual tipo de transporte será utilizado, quantas horas têm o trajeto e também as condições da hospedagem que você e seu animalzinho ficarão. Esse último é muito importante na hora de viajar com pets, pois é necessário ter ciência se o local conta com o suporte necessário para receber pets.

Qual a personalidade de seu animal de estimação?

Por mais que seja uma ótima ideia levar seu pet para conhecer novos lugares, é necessário ter conhecimento sobre a personalidade dele e também avaliá-la para que o passeio não se torne uma dor de cabeça. Ele é estressado fora de casa? Fica agitado? Caso essas respostas não sejam tão animadoras, talvez seja interessante repensar a ideia de viagem. 

Cuidados com saúde ao viajar com pets 

Para evitar qualquer dor de cabeça antes de viajar com seu animalzinho, é necessário verificar se todas as vacinas estão em dia, além da vermifugação, para que ele esteja livre de parasitas como carrapatos, pulgas e demais outros. 

A vermifugação varia de acordo com cada prescrição veterinária e também para o local que você e seu bichinho irão. Isso porque existe alguns riscos como dirofilariose, um verme que pode afetar o coração de seu bichinho.

Algumas vacinas recomendadas para cães são a V8 e V10. Já para os gatos, as vacinas V3, V4 e V5 são importantes na hora de viajar. A vacina que é indispensável, independente da raça, é a contra raiva, afinal, é uma doença zoonose e que ainda não foi erradicada no Brasil.

Lembre-se de levar a carteirinha de vacinação de seu animal, junto com uma assinatura do veterinário responsável. Além disso, um atestado médico com, no máximo, 30 dias de validade deve ser apresentado.

Em casos de animais silvestres, também existem recomendações a serem seguidas. A avaliação médica também deve ser feita antes da viagem e é indispensável que a documentação do Ibama seja apresentada.

Viajar com pets para o exterior

Caso você vá viajar com seu bichinho para fora do país, é indispensável que ele tenha um microchip, a fim de evitar que ele se perca. Chegando no exterior, é necessário realizar o cadastro desse chip seguindo as regras do país, colocando seu nome, endereço e informações adicionais. 

Para ficar por dentro de mais dicas e novidades sobre o mundo animal, fique atento ao nosso blog. Aqui você encontrará tudo para o seu bichinho até a próxima!!!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *