Para nós humanos, o bigode não passa de uma questão estética e optativa. Porém, para os gatos ele tem uma grande importância. Apesar de não possuírem nenhum tipo de nervos que possam fazer com que o corte seja doloroso, essa prática pode lhes causar um prejuízo enorme. Assim, há uma razão do por que não cortar o bigode de gatos.

O bigode dos felinos, também conhecido como vibrissas, funcionam como uma espécie de bengala para um deficiente visual. Isto é, elas tem como função lhes fornecer o tato à distância, sendo essencial para o equilíbrio. Nesse post, iremos falar quais os motivos de por que não cortar o bigode de gatos, tratando sobre os benefícios dele para esses animais.

Como funciona o bigode felino

Não há nenhum problema em chamá-lo por seu nome popular. Porém, as vibrissas são o nome científico dado a esses pêlos espessos e mais longos localizados na cabeça dos felinos. Eles servem, sobretudo, para mostrá-los o quão longe ou perto de um objeto estão. Por isso, quando são cortados, fazem com que gatinhos se sintam perdidos sobre a proximidade de algum local, causando desorientação.

Além disso, um dos motivos do por que não cortar o bigode de gatos está na sua perda de equilíbrio. Isso pode fazer com que eles tenham dificuldades no momento de saltar ou fugir de um predador. No caso de animais domésticos, um predador pode ser, por exemplo, o seu carro entrando na garagem. Sem a sua sensibilidade para sentir a distância, eles podem facilmente ser atropelados.

Esse ato também dificulta os passeios noturnos tipicamente feitos por felinos. Isso porque, sem seu senso de direção, ficará muito difícil distinguir para onde deve ir. Assim, não conseguirá desviar de obstáculos e acabará por esbarrar em todos os móveis presentes na casa. O por que não cortar o bigode de gatos também está em que as vibrissas servem para fazer com que os gatinhos sintam as alterações do ambiente.

Bigodes fracos indicam que algo está errado

Assim como os problemas na pelagem dos felinos indica algum problema, quando os bigodes começam a cair ou estão quebradiços, há algo errado. Assim, caso isso aconteça, o melhor a ser feito é levar o seu pet imediatamente ao médico veterinário. Isso pode indicar que ele esteja com algum problema de caráter nutricional, ou alguma outra disfunção.

Porém, não se assuste se algumas vezes encontrar vibrissas caídas pela casa. Isso é totalmente natural. Da mesma forma que os pelos normais, elas tendem a cair para que outras novas possam nascer, mesmo que de forma mais lenta. Este é mais um motivo do por que não cortar o bigode de gatos, já que eles podem cair e crescer novamente. 

Mexer nos bigodes incomoda os pets

Devido às células sensoriais presentes nos bigodes felinos, mexer neles gera um grande desconforto aos pets. Por isso, os seus tutores devem evitar ao máximo esse tipo de prática. Esse também é um dos principais motivos para que eles optem por comer em tigelas rasos e largos. É dessa forma que os gatinhos conseguem encostar menos os seus bigodes. 

Para continuar recebendo dicas e novidades sobre o universo dos pets, basta acompanhar as postagens do blog da Center Dog!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *